Linhaça Marrom ou Dourada? Semente ou farinha?

A linhaça é considerada um alimento funcional, devido seus benefícios no controle e prevenção de doenças cardiovasculares e na redução do risco de desenvolvimento de diabetes. Isso confirmado através de estudos e publicações.

Ás vezes surge a dúvida de qual a melhor maneira para consumir linhaça.Vamos conversar sobre isso. images

A mais comercializada e barata é a marrom, porém a diferença nutricional entre elas é pequena. A dourada leva uma pequena vantagem.

Ambas possuem fibras solúveis, lignanas e ácidos linolênico e linoleico, respectivamente omega-3 e omega-6.

As fibras solúveis se misturam na água e formam uma espécie de gel, o que proporciona uma sensação maior de saciedade. Elas ajudam também a regular o trânsito intestinal e a deixar a flora mais saudável. Outro benefício é na redução do nível de colesterol ruim e no controle da glicemia.

Os ácidos linolênico e linoleico são eficientes no combate e prevençãodos mais diversos problemas de circulação sanguínea: reduzem os níveis de colesterol e possuem ação anti-inflamatória por exemplo.

Por fim,a semente de linhaça é rica em precursores de lignana. Lignanas são fitoquímicos produzidos pelo corpo, mais especificamente pelo cólon, que surgem a partir de precursores encontrados nos alimentos. Elas se ligam aos receptores do hormônio estrógeno, que em altas quantidades aumenta o risco de certos tipos de câncer, como o de mama. Porém, quando as lignanas ligam-se a estes receptores, o próprio hormônio está impossibilitado de exercer seus efeitos.

A semente de linhaça traz mais benefícios se consumida triturada. Sua casca é muito resistente e pode passar intacta pelo aparelho digestivo, o que faria com que os nutrientes não fossem absorvidos. A melhor forma de fazer isso é comprar a semente de linhaça e triturar em casa, pouco a pouco, pois ela triturada favorece a formação de fungos.

A linhaça tem sido amplamente estudada devido ao possível efeito protetor contra o câncer, osteoporose e pelo seu papel no alivio de sintomas da menopausa, asma, aterosclerose e artrite reumatoide.

 É um alimento riquíssimo que vale a pena ser adicionado à dieta.

Matéria: Cook Fit

Em caso de dúvidas consulte sempre seu (a) nutricionista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s