Ser elegante

Elegância não se discute. Desculpe queridinha, mas discordo.

Ao contrário de gosto, tendências, opções ou qualquer outra alternativa,  a elegância é algo harmônico, como diz a definição, é a qualidade de ser elegante.

Independente do meio cultural ou  social a elegância destaca-se pelo fato do conjunto entre formas e comportamentos serem harmoniosos. IMG_2906

O bom gosto há que ser considerado levando em conta costumes do meio onde se frequenta, sem dúvida.

A elegância transcende idade ou poder aquisitivo, ao contrário , a simplicidade é uma de suas características. Eu digo ainda que é nata. Claro que pode-se educar a pessoa a ser elegante introduzindo padrões de acordo com o ambiente cultural em que vive.

Ao contrário da beleza, a elegância perpetua e torna-se uma marca, um selo da personalidade individual. Não carrega o peso dos padrões por ter personalidade própria e geralmente é característica de mulheres poderosas.

E não fique pensando que elegância é apenas sinônimo de terninhos sóbrios e bem cortados.

Isso Pode? O que é ser elegante?

Difícil encontrar alguém nos dias de hoje sem  pressa no corre-corre da sobrevivência e, às vezes, acabamos sendo  rudes, grosseiros ou até mal educados, deixando de lado as regras da boa educação.

Mas enfim, o que é  boa educação ? O que é regra ? E o que é ser elegante nos dias de hoje?

A educação deriva muito dos costumes , do grupo social onde a pessoa é educada , mas existem coisas que tomamos como postura universal.

Para mim , a elegância transcende as normas de boa conduta. E acredito que seja por isto que a todo momento nos deparamos com guias de como se portar com elegância .

Virou moda dizer que elegância é dar bom dia ao porteiro ou chamar o garçom pelo nome , particularmente acho que vai muito além disso.

Elegante é conversar com as pessoas olhando nos olhos e ouví-las atentamente .

Ser elegante é entender que a necessidade do outro é igual a sua e ser solidário .

Eu me identifico demais com algumas coisas em uma leio gosto de  compartilhar com vocês .

Então vamos lá  ! Aqui algumas coisinhas do livro da Bárbara Virgínia

Poder pode mas … não deve 47b799_f3b1ecc76f71401d86facd358c5df7b6-mv2

“O que é ser elegante? Estrear vestidos a toda hora sempre no rigor da moda? Será?
Ser elegante é principalmente não ser ostensiva, berrante. É ter a coragem de usar um vestido vermelho bem conservado, mesmo que se tenha mandado fazer um novo para o inverno, mas como as condições climáticas mudaram e ficou um dia quente, então, coragem! Elegante é estar com a roupa certa para o dia.

Ser elegante é saber usar joias adequadas e não imitações. No caso de não poder, não sem interesse. Também é menos perigoso nos dias atuais de tantos assaltos.

Ser elegante é ser simples, natural e espontânea.

Ser elegante é saber conversar, e isso se consegue através de conhecimento, participação no mundo em que vivemos e não apenas no lugar onde moramos.

Ser elegante é mesmo sem muito dinheiro oferecer um almoço ou jantar com requinte. Requinte não é característica de pessoas ricas. É dádiva de Deus que qualquer um pode ter.

Ser elegante é lembrar as datas e gostos dos nossos amigos.

Ser elegante é saber ouvir o agradável e o desagradável. E saber calar.

Ser elegante é ter interesse em tudo, não num sentido particular da bisbilhotice, mas num sentido amplo de amor e participação.

Ser elegante é saber sorrir. A arma mais importante do ser humano que infelizmente se esquece e deixa apenas para as crianças esse privilégio.

Ser elegante é ter uma santa compreensão da igualdade. Saber escutar as mais altas individualidades como os mais humildes seres.

Ser elegante é ser útil, proveitoso, gentil delicado e polido.”

Espero que isto lhes tenha acrescentado algo de bom , inclusive a dica de leitura.

47b799_62e341e853394d31a115c8ac6b065ef1-mv2